terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O OUTRO LADO DO AMOR



O amor concede tempo

O amor fica em silêncio

O amor também rompe relações. Quando percebe que será mais saudável para as duas pessoas

O amor chora

O amor também fica magoado e não evita a transparência para confessar a raiva, a ira e a dor

O amor também se distância

O amor sempre foca na vida. Mesmo que tenha que se separar

O amor coopera. Mas não comunga com a passividade

O amor deixa "os mortos enterrarem os seus mortos"

O amor sabe retornar

Dar o primeiro passo

Reconciliar

O amor sempre trará boas novas

Pedro Henrique Curvelo
Fevereiro de 2013

2 comentários:

Patrícia Costa disse...

O Amor, bendito seja esse sentimento que nos reinventa!

Lilian disse...

O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1CO 13.7.