quinta-feira, 14 de março de 2013

TERRA DA PUTARIA



Terra da putaria é ordem inversa do termo. É onde você paga para ser fudido.

Você como cidadão possui deveres diante da figura do Estado. Mas, na hora dos seus direitos, o falo da máquina pública te fode sem pudor. 

Essa putaria não podemos considerar uma suruba. Pois, se fosse, cada um comeria um pouco. É na verdade um estupro concedido. Dizer que é concedido não é contraditório. Desde que nossa consciência social e cidadã começou a ser formada, o Estado já veio com suas sutilezas, acariciando e abusando de nós.

No Brasil você trabalha de forma árdua. Ao invés de enriquecermos, os animais e pragas do governo, do Leão até o escorpião, devoram o nosso salário. Nessa selva, para ter direito a saúde, você paga tanto ao governo como ao particular. Com relação a educação, você paga impostos e pensa que poderá entrar com facilidade em uma Universidade. No final, pelo desamparo, você tem que recorrer ao particular.

Assim vivemos. Com relação a nossa velhice, pensamos que o dinheiro pago ao INSS poderá garantir uma terceira idade digna. Mas, para isso, é necessário pagar uma previdência privada.

Nossa consciência social e política permanece passiva. Claro! Apenas os passivos são fudidos. Parece que não sentimos mais dor. Já ficamos cauterizados e insensíveis.

É o que penso.

Pedro Henrique Curvelo
Março de 2013

Um comentário:

yvanne oliveira disse...

o que me deixa desesperada, é que nao como acabar com tudo isso. é uma doença venerea sem cura.